Atitudes dizem. Oram, seduzem. Atitudes semeiam, regam, declaram desejos. Atitude é a mais sincera e verdadeira arte de comunicação. Tem maxima eficiência, clara compreensão e se traduz em qualquer língua sem necessidade de tradutor.

Atitude é um linguajar compreensível e interpretado em todos os idiomas. É um tipo de dicionário global, aberto para todos os povos. Pobres, ricos, cultos, analfabetos, estrangeiros ou não, compreendem o sorriso, leiem a lágrima, entendem a mão estendida, passos apressados e o significado da devastação.

Atitude é a eficaz forma de falar.


DATA DO ACAMPAMENTO SUSTENTA HABILIDADE : 14 E 15 DE JANEIRO DE 2012


Vanda Ferreira

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Projeto do evento Sustenta habilidade

Acesse este link para conhecer o projeto do acampamento Sustenta Habilidade
http://acampamentosustentahabilidade.blogspot.com/p/projeto.html

Imagens das edições anteriores do acampamento de poetas


Sustenta habilidade
"O caminho da paz é campestre"
3ª edição do acampamento de poetas
janeiro de 2012

Galpão de eventos pronto para a terceira edição do Acampamento de Poetas
camping da fazenda Dom Fernando


Roça de paz
"Ame a natureza como a ti mesmo"

2ª edição do Acamapmento de Poetas
janeiro de 2011

Cônsul Vanda Ferreira
 abertura da 2ª edição "Roça de paz"

Grupo assistindo performance de Sabrina Carvalho, atriz e cantora de SP.  

Entrega de Certificado para o músico Zé Geral
(Sabrina Carvalho, Zé Geral e Breno Moroni)

Escritor e médico Marcos Estevão em Palestra Sinestesia e Literatura
(Vanda Ferreira, Marcos Estevão e Nena Sarti)

Cantora Ana Cabral

Varal de Poesia organizado por Ramona Rodrigues da Cia das Artes
(Vanda Ferreira, Nena Sarte e Sabrina Carvalho)

Delasnieve Daspet
Embaixadora da paz e Presidente da Associação Internacional de Poetas del Mundo


O Grito da terra
"Preservar para viver"
1ª edição do Acampamento de Poetas
janeiro de 2010


Performance da atriz Sabrina Carvalho e músico Diego Adrianne
na arena

Participantes do acampamento

participantes do acampamento

Seminário "Sinestesia e literatura"

Caminhada de estudo durante o acampamento


sábado, 8 de outubro de 2011

Processo seletivo

Olá,

O Acampamento Sustenta Habilidade é a terceira edição do projeto Acamapmento de Poetas e seus convidados.
A iniciativa é minha e o trabalho é voluntário.
Necessito somar esforços para prosseguir. Aguardo manifestação de interesse para juntarmos forças e fazer acontecer.
Estamos recebendo inscrição de voluntários para as atividades durante o acampamento.
Interessados enviar proposta para o email vandabugra@hotmail.com

OPÇÃO PARA O ACAMPAMENTO

Caso haja expressivo interesse de pelo menos 15 (quinze) participantes para pacote com pouso e alimentação o custo do pacote será de R$ 145,00, incluso pouso no sábado, e 07 (sete) refeições, quais sejam:
Sábado: Almoço, lanche e jantar.
Domingo: Café da manhã, lanche, almoço e lanche.
Bebidas não estão inclusas e podem ser adquiridas no Bar do Camping.

O cardápio será de comida caseira, simples, tipo arroz, feijão, carne, massa e salada.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Extraordinária partitura

Muito bem-vindo(a) a esta leitura. O poema "Extraordinária partitura" é proposta para exercitar a audição visual e leitura com o coração. Experimente, observe, ouça as mensagens da natureza.
Assista a chuva como se fosse uma produção dessas que vc paga para assistir; sente-se e olhe, e ouça, e sinta.

Extraordinária partitura

Sol beija água,
natureza evidencia poderes,
equilíbrio da luz.

Sagrado encontro explode hino,
divina celebração em tons sentimentais
Concerto visual,
bandeira multicor,
suave plantação celeste,
extraordinária partitura em sete faixas
estampa mensagem de amor.

Quando o sol beija água
cupido entoa cores,
arco-íris salta do tacho de ouro,
Mãe-terra enraiza coração
nas meninas de meus olhos.

Vanda Ferreira

terça-feira, 2 de agosto de 2011

O caminho da paz é campestre - poema

O caminho da paz é campestre
Vanda Ferreira

Garças brancas revoam silêncio azul.
Enormes dentes jacarezenses tomam vento;
Rimados versos da natureza fervilham na fingidez fluvial;

Árvores entoam úmidas canções,
aves trinam em alegria sustenida para perpetuar
praia-de-bichos,
passeio de murmurinhos,
espetacular balé da mata.

Rastejam poemas,
seivadas serpentes,
encorpadas enxurradas tingidas de por-de-sol
tatuagens na liberdade nua da terra,
mapeaiam dançante capinzal de pés de luxo.

Ecos matutos, ecologicamente corretos,
Protegem segredos.
Seco-mar encharcado de poder.

Roncos de bugios rasgam os perigos noturnos
das aloiradas madrugadas do Pantanal,
esconderijo do útero da terra.

Lambeção milagrosa refaz sucumbida morte,
valente desejo de semente processa desfolhamento
para nutrir embriões fecundados ao som de poéticos uivos Guarás.
Sábia natureza
Redondamente enquadra inverno, primavera, verão e outono,
Aliança nuvens carregadas de mensagens.

Vida beijada por beija-flores,
perfuma versos,
tinge de verde-esperança,
rima coração e canção,
passarinho e ninho;
alegria, cantoria, folia, formação de família.
Celestialidade poesia, seja noite, seja dia.

Luas hipnóticas, cheias de mistérios
Corujas, grilos, cigarras,
anfíbios com chocalhos nas gargantas,
cantata para a entrada, não solitária, da noite,
onde o entardecer rumina roteiro,
Processa comunicação,
esturros dos cílios da mata.
Cisma grafia de onça, pinta Jaguatirica

Lenta mastigação de sabores,
fartura de suculências,
delícias na digestão de paz campestre.

Caminho matuto, Tatu, Tamanduá,
inescrupulosidade brejeira na estação de Sucuris,
tuiuiús, bagres e olhos d’água.

Verdejante felicidade borboleteia
no profundo estômago da menina dos olhos.

quinta-feira, 14 de julho de 2011